Cabelos – Fase pré No Poo Raiz

Esse texto eu escrevi em 2010 ou 2011, e publiquei no meu finado blog Família Apátrida. Republico hoje aqui, editado, para ilustrar o meu passado pré No Poo Raiz.

Aviso: Esse post é extremamente fútil.

Hoje vou reclamar. Se por um lado viver em Omã me trouxe muita alegria e até paz, por outro também me trouxe um baita problema com meus cabelos. Se já não bastasse a natureza implacável despigmentando cada vez mais fios, o clima e a água de Omã terminaram por destruir as minhas madeixas (nossa, de onde eu desenterrei essa palavra?).O fato é que qualquer bate papo entre mulheres nesse país vai invariavelmente trazer queixas sobre queda, ressecamento e pontas duplas, triplas, ou múltiplas.

Os culpados são a água dessalinizada, o ar condicionado e a temperatura entre 40 e 45 graus nos meses de verão. E eu que sempre fico do lado errado das estatísticas, sou mais uma vítima espigada dessa combinação explosiva. No mercado, a Primogênita já se arrasta resignada quando percebe que estamos indo para a seção de xampu pois sabe que vai ter que esperar eu ler o rótulo de cada produto, sempre procurando alguma fórmula mágica.

Já me disseram que meu cabelo parece fiapo de manga, algodão doce amarelado e até cabelo de profissional do sexo com poucos recursos financeiros (na verdade a expressão foi “puta pobre”, mas como eu sou uma dama, prefiro usar um eufemismo).E infelizmente é verdade. Quando me olho no espelho de manhã tenho a impressão de que animais selvagens passaram a noite se acasalando na minha cabeça.

No trabalho, um colega me apelidou de Miss Sunshine. Disse que é porque eu estou sempre sorrindo, mas eu sei, EU SEI que é por causa do meu rosto redondo coroado de cabelinhos crespos sempre que eu uso rabo de cavalo, como o negativo de um eclipse. Nos bons dias o meu cabelo parece o do Bon Jovi nos anos 80, e nos clássicos ‘bad hair days’ fica com a textura da cabeleira do cientista do De Volta Para o Futuro caso ele decidisse pintar o próprio cabelo com uma tinta vencida acobreada.

Quando o Ex veio buscar a Primogênita para passear, eu pedi que ele demorasse um pouco mais pois precisava fazer umas pesquisas para o mestrado. Quando ele voltou de repente e me pegou no flagra com 3 páginas da Internet abertas sobre máscaras, cremes e técnicas de hidratação, me olhou como se tivesse acabado de descobrir que eu era uma militante secreta da Al Qaeda. “A sua pesquisa é sobre tratamento de cabelos ressecados? Não acredito. Você???” E eu até tentei pensar em alguma possível ligação entre óleo de argan e aquisição de linguagem, mas não deu certo.Mas em minha defesa, a idade e a falta de tempo me ensinaram que é muito fácil fazer desdém das frivolidades alheias quando se tem cabelos saudáveis e sedosos.

Água dessalinizada no cabelo dos outros é refresco.

3 comentários sobre “Cabelos – Fase pré No Poo Raiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s